Mônica Maia

Das mídias tradicionais para a galeria: novos caminhos da fotografia documental

WORKSHOP

Uma breve apresentação e troca de experiência com foco na vivência do fotojornalismo em redações tradicionais e a trajetória ao atual cenário da fotografia documental.

Neste encontro vamos abordar as questões que envolvem novos meios para a fotografia documental, com destaque para o ambiente das galerias e as possibilidades de troca de conhecimentos, divulgação de novos autores, coletivos, movimentos e novos espaços para profissionais experientes. Pensar a fotografia além do veículo. Um exercício de edição, curadoria e construção do projeto fotográfico.

Os participantes serão estimulados a criarem coletivamente seus projetos expositivos e irão simular como suas imagens serão apresentadas ao mercado; formatos, tiragens/edições ilimitadas e valores.

INSTRUTOR

Mônica Maia é editora de fotografia, produtora e empresária. Sócia da DOC Galeria | Escritório de Fotografia, espaço expositivo inaugurado em junho de 2012, com foco na fotografia documental. Produziu 35 exposições desde a abertura da galeria. Trabalhou na Revista Afinal [1986/1987] como arquivista, laboratorista e repórter fotográfica. Foi fotógrafa dos jornais O Estado de S.Paulo e Jornal da Tarde entre 1987 e 1989. Em 1990 assumiu a Editoria de Fotografia da Agência Estado, unidade que representava os jornais do Grupo Estado. Foi responsável pela produção, distribuição e comercialização de fotos até 2007. Coordenou a área de fotografia do Núcleo de Revistas da Folha de S.Paulo até dezembro de 2010. Em 1999 foi a primeira brasileira a ser jurada do World Press Photo, desde então é membro do Joop Swart Masterclass. Foi curadora do 3º Encontro de Coletivos Fotográficos Íbero-Americano [2014]. É produtora executiva da Mostra São Paulo de Fotografia desde 2011, projeto anual de ocupação do bairro da Vila Madalena [SP] pela fotografia. Foi gestora cultural e administrative da Galeria Nikon [2014-2016]. Em 2015 inaugurou o projeto “Foto Feira Cavalete”, evento que reúne fotógrafos, selos independetes, galerias, editoras e confecções para um dia de venda e compra de fotografias, encontro entre autores e produtores.

 

Programação

Data

23 e 24 de março

Horário:

Quinta-feira - 14h às 17h | sexta-feira - 14h às 17h

Local

Tiradentes

Carga horária:

6 horas

Pré Requisitos:

Autores com produção fotográfica nas áreas de fotojornalismo ou documental, com trabalhos em desenvolvimento e/ou finalizados.
Cada participante deverá trazer um trabalho finalizado e/ou em desenvolvimento com no máximo 20 imagens para projeção e impressas em cópias de trabalho, para exercício de edição e projeto expográfico. A oficina é aberta para produtores e assistentes de projetos. Neste caso não precisam trazer ensaios, podem trabalhar em conjunto com os fotógrafos participantes.

Número de Vagas:

10

Investimento:

R$ 440,00

Programa:

- Breve apresentação da dinâmica na galeria.
- A exposição como forma de veiculação da fotografia documental.
- A fotografia entra nas galerias e ocupa lugares antes exclusivos das ates plásticas.
- Exemplos de mercado e formas de comercialização.
- Projeção comentada dos trabalhos dos participantes com foco na construção de um projeto de exposição.
- Exercício de edição participativa com o propósito de contribuir com a elaboração do conceito de cada ensaio e como ele será apresentado.
- Por meio de exercício prático cada participante vai pensar sua exposição, projeto expográfico, formatos, materiais e montagem.
- Divulgação e atividades paralelas.
- Orçamento, preenchimento de planilha e caminhos de financiamento.
- Colaborar com a capacitação de cada autor gerir seu processo de trabalho e cada projeto.

Twitter

Instagram

Facebook